Moringa Oleífera - "Árvore da Vida"

No Brasil, a espécie pode ser plantada em todo o território

Campanha para doação e esterilização de cachorros em Vargem Bonita
Fevereiro/19 - A ONG Verde recebeu doação de sementes e mudas da espécie moringa oleífera do Sr. Ulisses Florêncio Seabra, cultivador de plantas medicinais em São Sebastião dos Cabrestos, comunidade de Vargem Bonita, na Serra da Canastra. 

Conforme relatos do Sr. Ulisses, problemas como pressão alta e diabetes foram curados com o uso contínuo das folhas da moringa. Após o plantio, observamos o crescimento rápido da moringa oleífera.
 
Moringa Oleífera: árvore da vida
 
A moringa oleífera é uma planta da família Moringaceae, nativa da Índia, amplamente cultivada e naturalizada na África Tropical, América Tropical, Sri Lanka, México, Malásia e nas ilhas Filipinas. 

A moringa cresce em todas as regiões: desde as subtropicais secas a úmidas, até tropicais muito secas a florestas úmidas. É tolerante à seca, florescendo e produzindo frutos. No Brasil é conhecida no Maranhão desde 1950 e usada como planta ornamental, devido ao desconhecimento do seu uso medicinal e como hortaliça.

Flores, folhas e raízes são usadas na medicina popular

Moringa oleífera - "àrvore da vida"
A moringa é muito utilizada na África e conhecida como a “árvore da vida”, por apresentar mais de 90 nutrientes e 46 tipos de antioxidantes, sendo, assim, uma das fontes naturais mais ricas de vitaminas e minerais do planeta.
 
A maioria das partes da planta tem valor medicinal incluindo, dentre outras, antídoto contra centopeias, escorpiões e aranhas; é bactericida, diurético, estrogênica, expectorante, purgativo, estimulante, tônico e vermífugo. As flores são anti-helmínticas e curam inflamações, doenças musculares e tumores. Tanto as flores, quanto as folhas e raízes são usadas na medicina popular para curar vários edemas e as sementes na cura de tumores abdominais.
 
Alem disso, Ulisses relatou inúmeros outros benefícios dessa espécie que atua como verdadeira fonte de saúde. Suas folhas, raízes, flores e sementes possuem propriedades medicinais, antibacterianas, antioxidantes e mineralizantes.

A semente macerada pode limpar água e eliminar 99% das bactérias

Moringa oleífera - "àrvore da vida"
Na literatura consta que, ao longo dos séculos, a moringa é utilizada como remédio para tuberculose, diabetes, dores crônicas, epilepsia, bronquite, anemia e a hipertensão arterial, além de outras condições como a tosse, asma, menopausa, fibromialgia e artrite, dentre tantas outras aplicações.
 
A semente macerada pode limpar a água e eliminar até 99% das bactérias. O INPA (Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia) desenvolveu metodologia de aplicação da semente de moringa que consegue purificar a água rapidamente. Ao aplicar o pó na água não é preciso esperar cerca de duas horas como em processos já conhecidos. Nos laboratórios do INPA a purificação ocorreu em apenas alguns minutos.
 
Benefícios no uso da moringa oleífera são apontados em estudos, inclusive internacionais, dentre esses, descobriu-se que a moringa possui:

 Sete vezes mais vitamina C que a laranja;
 Quatro vezes mais cálcio que o leite;
 Duas vezes a proteína do Yogurte;
 Quatro vezes mais vitamina A que a cenoura;
 Três vezes mais potássio que a banana;
 27% de proteína, equivalente à carne do boi;
 Mais ferro que o espinafre;
 Vitaminas presentes: A, B (tiamina, riboflavina, niacina), C, E, e beta caroteno;
 Minerais presentes: cromo, cobre, fósforo, ferro, magnésio, manganês, potássio, selênio e zinco.
 
Fontes: DUKE, J.A. Moringa oleifera Lam. Disponivel. site: New CROP Homepage. (29 de maio de 1997). http://www.hort.purdue.edu/newcrop/duke_energy/Moringa_ol eifera.
SEABRA, U.F. conhecedor e cultivador de plantas medicinais.